BNDES aprova R$ 100 milhões para nova fábrica de medicamentos em MG

Image result for cimed

Fábrica produzirá genéricos e similares, medicamentos mais baratos e que já podem ser utilizados no tratamento de 95% das doenças conhecidas
Com investimento, capacidade produtiva deverá ter incremento de 35%

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o financiamento de R$ 100 milhões para a Cimed Indústria de Medicamentos. Os recursos destinam-se à implementação de uma nova unidade em Pouso Alegre (MG) para produção de medicamentos genéricos e similares.

A fábrica terá cerca de 35 mil m². Após a conclusão das obras, a capacidade de produção de medicamentos sólidos orais da Cimed será ampliada em 35%. Estima-se a criação de mais de 100 novos postos de trabalhos diretos, grande parte composta por empregos de alta qualificação para profissionais como farmacêuticos, engenheiros e químicos.

A implantação do projeto incorporará à linha de fabricação equipamentos que diminuirão a manipulação de materiais e o transbordo de matéria-prima, reduzindo o tempo de produção. Além de ampliar a produtividade da fábrica e  gerar maior segurança ao processo, a implementação de novas tecnologias terá impacto positivo sobre os custos dos produtos.

Os investimentos também contribuirão para redução do impacto ambiental da atividade industrial já que a água utilizada no processo produtivo será reaproveitada nas atividades de apoio. Outras medidas previstas são instalação de sistema de iluminação de baixo consumo, diminuição do uso de água e redução da geração de resíduos da produção.

O investimento na nova planta da Cimed pode gerar efeitos positivos para o setor de saúde já que implicará em aumento da capacidade instalada da indústria brasileira de medicamentos e ampliação da concorrência no mercado de genéricos e similares, com potencial de redução de preços ao consumidor.

Empresa – Fundada há 40 anos, a Cimed é uma empresa nacional conta com duas plantas em Pouso Alegre e produz cerca de 600 itens, englobando medicamentos isentos de prescrição, genéricos, similares e equivalentes, além de vitaminas, produtos de higiene e beleza e de saúde e nutrição. Além do projeto da nova planta, a companhia vem investindo em Pesquisa & Desenvolvimento e lançou em 2017 sete novos produtos.

Mercado – O setor de fármacos brasileiro apresentou vendas de cerca de R$ 75 bilhões em 2018, de acordo com dados do Sindicato das Indústrias do Mercado Farmacêutico. Entre 2015 e 2018, ele apresentou crescimento de 8,55% ao ano, índice bem superior à taxa anual do PIB, que foi de cerca de 3,3%,  o que evidencia a força do setor.

Genéricos e similares – Produzidos a partir do mesmo princípio ativo dos medicamentos de referência, os medicamentos genéricos têm a mesma indicação terapêutica deles. Atualmente, 95% das doenças conhecidas já podem ser tratadas com genéricos. Em 2018, eles foram responsáveis por cerca de 35% do volume de vendas do varejo farmacêutico.

http://www.bndes.gov.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s