| Startups: São Paulo é o paraíso da inovação?!

 De 25 startups listadas no País como as que chamam mais atenção em relação a talentos, 17 têm sede no Estado de São Paulo, de acordo com ranking do Linkedin recentemente divulgado. A rede social fez uma avaliação a partir da análise das ações realizadas por seus 575 milhões de usuários. O ranking leva em conta quatro critérios: crescimento do quadro de funcionários, interesse de candidatos a vagas de emprego na companhia, engajamento dos usuários com a empresa e seus funcionários, e nível de atração exercida pela startup sobre talentos oriundos das empresas que compõem a lista LinkedIn Top Companies.

Entre os destaques paulistas há empresas com base operacional no Interior, como é o caso da BeBlue, uma startup de Ribeirão Preto que devolve aos seus usuários um percentual de compras realizadas em estabelecimentos parceiros. A capacidade de atrair talentos é uma das características essenciais das empresas que almejam sucesso. As boas ideias precisam de profissionais que consigam implementá-las e, assim, gerar o impacto positivo esperado para a sociedade. E, nesse quesito, São Paulo é exemplo para o restante do País.

Atração de talentos
O Estado de São Paulo tem se consolidado como o integrador das startups na América Latina. Além de atrair talentos, as empresas do Estado têm conseguido captar investimentos financeiros para o seu crescimento. De acordo com dados da LAVCA (Associação Latino Americana de Private Equity e Venture Capital), o Brasil recebeu, em 2017, 45,4% do total investido na América Latina.

Ao todo, as startups brasileiras receberam US$ 859 milhões em investimentos, sendo que US$ 564,5 milhões foram aportados em startups com sede em cidades paulistas. Um dos destaques do ano passado foi o investimento de US$ 200 milhões na 99, empresa que foi fundada por ex-alunos da Escola Politécnica da USP. Já as startups Creditas, GuiaBolso e CargoX receberam US$ 60,5 milhões, US$ 39 milhões e US$ 20 milhões em investimentos, respectivamente. As três estão entres as 25 startups mais desejadas e comandam suas ações na Capital paulista.

Ecossistema de apoio
Na opinião do head do ecossistema de startups da agência Investe SP, Franklin Ribeiro, São Paulo tem um ambiente que integra tudo o que as startups precisam para o seu surgimento e desenvolvimento. Deste modo, segundo ele, o Estado se torna mais atrativo para as pessoas que buscam oportunidades de trabalho. “São Paulo tem o ecossistema de apoio às startups mais desenvolvido do Brasil. Aqui o empreendedor tem amplo acesso a talentos, aceleradoras, mentores, eventos, hubs de inovação, mercado amplo, entre outros elementos que formam a rede de suporte ao negócio”, diz ele. “As startups são uma realidade de negócio e têm um potencial muito grande para ajudar a economia paulista a crescer ainda mais”.

Cidades inovadoras
Bancos de desenvolvimento e agências de fomento repassarão recursos a prefeituras e empresas privadas ou de economia mista que queiram desenvolver projetos de inovação que beneficiem suas áreas de influência local ou regional.

A Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) lançou, dia 27, o programa Cidades Inovadoras, com recursos de até R$ 1 bilhão em dois anos. O objetivo é financiar atividades de inovação em prol do desenvolvimento sustentável das regiões. “Mais do que nunca, as cidades precisam se reinventar e as áreas contempladas pelo programa são cruciais”, afirma o presidente em exercício do órgão, Ronaldo Camargo.

Eficiência
Quatro setores receberão apoio de forma prioritária: saneamento e recursos hídricos: tratamento, compostagem, aproveitamento de água da chuva; Mobilidade Urbana: implantação de sistemas de transporte e circulação que priorizem a eficiência e a redução de emissões; eficiência energética; energias renováveis: tecnologias e sistemas para energia fotovoltáica, eólica e biomassa. Outros setores de atividade econômica também poderão ser apoiados.

Principal destino
A cidade de São Paulo foi eleita pelo terceiro ano consecutivo como o principal destino para viagens corporativas na América Latina, segundo levantamento da Carlson Wagonlit Travel (CWT).

Expansão
A Kongsberg Automotive anunciou a sua mudança para uma área maior em Jundiaí, no Interior, onde está instalada desde que chegou ao Brasil, em 2000. Será o seu terceiro endereço no município. O objetivo é melhorar a produtividade como fornecedora para o segmento automobilístico.

Wilson Marini

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s