EMBRAPII firma parceria com a ABIMO para incentivar inovação na área da saúde

Assinatura ocorrerá durante o 7º Cimes (Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde). Evento também vai abrigar uma rodada de negócios com as Unidades EMBRAPII e empresas do setor

Para incentivar a indústria de equipamentos médicos e hospitalares a investir em Inovação, a EMBRAPII e a ABIMO (Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos) firmam parceria durante o 7º Cimes (Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde), que acontece nos próximos 22 e 23 de agosto, em São Paulo. O acordo pretende estimular projetos de PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) entre empresas e Unidades EMBRAPII, tornando a rede de Unidades EMBRAPII referência para atividades de pesquisa e inovação do setor.

Durante o encontro, que une representantes do governo, setor produtivo e pesquisadores da área de saúde, também acontece uma Rodada de Negócios entre as Unidades EMBRAPII – centros de pesquisas de excelência do País – e empresas da área. “Estaremos no CIMES para conversar com o setor empresarial, entender quais são as necessidades e de que forma poderemos ajudar. A aliança é mais um passo neste processo. A maioria das empresas do Brasil não tem centro de PD&I. O acordo vai aproximar e estreitar as relações do setor com as Unidades EMBRAPII, que contam com infraestrutura de ponta e equipes de pesquisa capacitadas para atender as demandas do mercado”, declarou José Luis Gordon, diretor de planejamento e gestão da EMBRAPII.

Serão 25 Unidades presentes no CIMES – cada uma com área de competência definida, entre elas Inteligência Artificial, Nanotecnologia e Robótica. A rodada de negócios permitirá que as empresas conversem com as unidades EMBRAPII e encontrem aquela que tem mais alinhamento com seu projeto.

Investimentos em saúde

O presidente da ABIMO defende que o apoio da EMBRAPII deva ser considerado pelas empresas ao traçar sua estratégia de PD&I e no desenvolvimento de novos produtos e tecnologia. “Cerca de 60% das nossas associadas são empresas com faturamento de até R$ 10 milhões por ano. E a parceria com a Embrapii é fundamental justamente por aumentar o volume de verba disponível para projetos de inovação”, comenta Paulo Henrique Fraccaro, superintendente da ABIMO.

Desde 2013, a EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) já investiu R$ 13,7 milhões em 49 projetos de PD&I para o desenvolvimento de novos de equipamentos médicos e odontológicos em parceria com empresas nacionais, o que corresponde a 1/3 de todo capital investido de R$ 41 milhões nos últimos 5 anos.

Em março, o Ministério da Saúde autorizou o repasse de R$ 150 milhões para o desenvolvimento e pesquisa de produtos, processos, equipamentos na área médica para projetos EMBRAPII. Os investimentos podem ser utilizados tanto no desenvolvimento produtos e equipamentos voltados para cura, diagnóstico e prevenção de doenças quanto em tecnologia que permitam a melhora experiência do usuário, como desenvolvimento de software e aplicativos.

Sobre a EMBRAPII

A EMBRAPII foi criada em 2013 com o objetivo de estimular a inovação na indústria brasileira, promovendo a interação entre instituições de pesquisa tecnológica e empresas do setor industrial. O seu modelo de atuação prevê o financiamento de até 1/3 do custo total de cada projeto aprovado, com recursos não reembolsáveis (ou seja, a indústria não precisa devolver o montante aportado) e o restante é dividido entre a indústria e as unidades EMBRAPII. Ao compartilhar riscos de projetos com as empresas, espera-se estimular o setor industrial a inovar mais e com maior intensidade tecnológica para, assim, potencializar a força competitiva das empresas, tanto no mercado interno, como no mercado internacional. O processo é ágil e sem burocracia. Atualmente, 42 instituições tecnológicas são credenciadas pela entidade.

Conheça alguns projetos EMBRAPII na área de equipamentos médicos

Tratamento de Doenças Crônicas

No Brasil, cerca de 7,5 milhões de pacientes com DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica) pessoas precisam utilizar oxigênio medicinal em suas residências. A Unidade EMBRAPII CESAR e a empresa Salvus estão desenvolvendo dispositivo de monitoramento de gases medicinais. O equipamento se conecta pela internet com os cilindros de oxigênio e transmite os dados de consumo e estoque para o computador do gestor da empresa. A empresa realiza, assim, o gerenciamento remoto da carga. Além da melhoria da logística e economia de recursos, há também ganho para a segurança do paciente que necessita de oxigênio.

Reabilitação Neuromotora

A Unidade EMBRAPII CPqD e empresa Bioxthica estão desenvolvendo de sensores, softwares e óculos de realidade virtual (RV), para ser utilizada na reabilitação física e neurofuncional de pacientes com deficiências motoras decorrentes, por exemplo, de acidente vascular cerebral (AVC). O projeto permite ao usuário o controle desse ambiente simulado por meio do seu próprio smartphone. Além de motivar o paciente, a intenção é oferecer uma ferramenta de auxílio ao trabalho do profissional de saúde para monitorar os avanços e resultados do tratamento e, eventualmente, ajudar na tomada de decisões.

Equipamentos Cirúrgicos

A Unidade EMBRAPII IF-BA e a empresa BARRFAB trabalham no desenvolvimento de um equipamento de Foco Cirúrgico em que o controle do campo de iluminação (ampliação, redução, mudança de cor, etc) é feito eletronicamente, a partir de um simples e leve toque do cirurgião. O toque sensível substituirá o manuseio que exige movimentos (por vezes, bruscos), a participação de um médico assistente, ou até mesmo que o cirurgião interrompa o procedimento para fazer a mudança focal. O novo equipamento garante maior segurança ao paciente, mais agilidade ao procedimento cirúrgico e que o profissional de saúde se mantenha concentrado na atuação direta da cirurgia.

Atendimento Domiciliar

A Unidade EMBRAPII Lactec e a pequena empresa D´Express desenvolveram um consultório odontológico portátil leve, ergonômico, eficiente e que respeita as normas técnicas de Saúde Pública. Com ele, é possível atender pacientes com dificuldade motora, como idosos e pacientes com Alzheimer, Parkinson, AVC, entre outras. Também é uma possibilidade para alcançar uma parcela da população que não é atendida por profissionais da área, como aldeias indígenas e comunidades ribeirinhas.

Serviço:

CIMES (Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde)

Data: 22 e 23 de agosto de 2018

Horário: No dia 22, das 9h às 17h30 e no dia 23, das 8h30 às 13h.

Local: Hotel Maksoud Plaza – Rua São Carlos do Pinhal, 424 – Bela Vista – São Paulo

Mais informações: http://cimes.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s