Patrons, do Kickstarter, vai estimular o financiamento de ideias inovadoras

Kickstarter, maior site de financiamento coletivo do mundo, anunciou recentemente o lançamento do Patrons, um projeto que vai facilitar a vida de iniciativas que precisam de financiamentos mais substanciais. A novidade, que será lançada no ano que vem, deve aproximar empresas maiores, já consolidadas, de organizações menores com as quais compartilham interesses em comum.

Apesar das semelhanças com a atividade básica do Kickstarter – o financiamento de ideias inovadoras –, a intenção é que, justamente por oferecer um serviço segmentado, o Patrons consiga incentivar que criadores independentes tenham suas metas financeiras atingidas com mais facilidade. Segundo comunicado da empresa, as organizações patrocinadoras do programa farão doações mínimas de US$ 1 mil, valor que pode garantir mais fôlego aos projetos contemplados.

Charles AdlerCharles Adler, Perry Chen e Yancey Strickler, cofundadores do Kickstarter

Duas organizações já acertaram a participação como patrocinadoras no Patrons: a American Documentary (AmDoc), que vai destinar US$ 100 mil a financiamentos de iniciativas cadastradas na plataforma, e a Pinewood Atlanta Studios, cujo aporte inicial, de US$ 10 mil, será destinado obrigatoriamente a projetos de audiovisual que incluam cineastas do sexo feminino.

O anúncio do Patrons veio logo na sequência do relançamento do Drip, o serviço do Kickstarter que funciona nos moldes do Patreon e possibilita o financiamento de criadores por meio de assinaturas.

Kickstarter: espécie de “vaquinha” online

O Kickstarter funciona como uma espécie de “vaquinha” online. Nele, criadores independentes, pequenas empresas e organizações não governamentais podem cadastrar projetos e receber apoio financeiro de qualquer pessoa. Em geral, não há valor mínimo definido para que alguém colabore, mas é possível definir recompensas destinadas àqueles dispostos a investir uma quantia mínima.

Para se manter, o Kickstarter fica com uma pequena parte das contribuições recebidas pelos projetos cadastrados na plataforma – algo em torno de 5%. Desde 2009, diversas ideias ganharam vida a partir do financiamento coletivo promovido pelo site, entre elas o smartwatch Pebble.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s