Mulheres ocupam apenas 38% dos cargos de chefia no Brasil, aponta IBGE

gettyimages Compassionate Eye Foundation/Justin Pumphrey/OJO Images Ltd

RIO  –  As mulheres ainda são minoria no topo da hierarquia do setor público e privado. Embora representem pouco mais da metade (51,7%) dos trabalhadores brasileiros, somente 37,8% delas estão em cargos gerenciais existentes no país, de acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado nesta quarta-feira, véspera do Dia Internacional da Mulher.

Pelo critério adotado na pesquisa “Estatística de Gênero”, que consolidou uma série de indicadores conhecidos do IBGE, os cargos gerenciais no setor privado vão desde a diretoria até a gerência de empresas privadas. No caso do setor público, inclui ministras de tribunais ou diretorias de órgãos governamentais, por exemplo. Neste caso, os cargos considerados podem ser preenchidos por concurso ou não.

Segundo o estudo, o governo federal reproduz a desigualdade de gênero no país. Dos 29 cargos de ministros de Estado existentes, somente um é ocupado por mulher: Grace Mendonça, na Advocacia-Geral da União (AGU). Até fevereiro, Luislinda Valois era ministra dos Direitos Humanos no governo do presidente Michel Temer. Seu cargo passou a ser acumulado por um homem, o subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo Vale Rocha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s