Gorilla Glass estreia em pára-brisas de carros

Gorilla Glass vai estrear em pára-brisas da Ford

 

A Ford e a Corning anunciaram que os vidros Gorilla Glass não serão mais exclusivos das telas dos celulares – eles vão compor os pára-brisas dos carros esportivos da linha GT da montadora.

Os vidros quimicamente temperados já protegem as telas dos celulares contra rachaduras – na maior parte das vezes -, e agora darão uma renovada tecnológica nos pára-brisas dos carros, oferecendo maior proteção contra impactos.

A expectativa é que vidros fortes e de alta transparência possam a seguir começar a aparecer em mais produtos de consumo, conforme a ampliação do uso reduza seus custos.

Vidros quimicamente endurecidos

Apesar do sucesso do Gorilla Glass, da Corning, e do Dragontrail, da Asahi Glass, vidros quimicamente endurecidos não são um conceito novo.

Um século atrás, um artista e químico francês chamado Edouard Benedictus acidentalmente descobriu esses materiais quando derrubou um copo de vidro contendo nitrocelulose e descobriu que os fragmentos do vidro se juntaram. Com a inspiração do acaso, Benedictus desenvolveu um laminado de vidro de segurança composto por duas camadas de vidro ensanduichando uma película de celulose.

Este é o mesmo conceito ainda hoje usado nos modernos vidros à prova de balas. Esses produtos envolvem várias camadas de vidro e polímeros laminados juntos. Eles são fortes e duráveis, mas muito pesados, grossos e caros para a maioria das aplicações de consumo.

Entraram então em cena os vidros quimicamente endurecidos. Esses materiais são fabricados submergindo o vidro em um banho de sal fundido que faz com que os íons de potássio substituam alguns dos íons de sódio na superfície do vidro.

Gorilla Glass em pára-brisas

A Corning e a Ford se uniram para aplicar esse conceito aos pára-brisas. O resultado são vidros híbridos com uma camada de Gorilla Glass, o que os manteve leves.

A expectativa é que os vidros híbridos estejam agora com o caminho aberto para outros aparelhos eletrônicos e domésticos, bem como para equipar janelas resistentes a furacões para edifícios e frascos farmacêuticos mais resistentes para remédios.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s