BNDESPAR investirá este ano R$ 800 milhões em nove fundos de participação acionária

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) investirá este ano, por meio de sua subsidiária de participações societárias, R$ 800 milhões em nove novos fundos de participações. Eles se somarão à carteira de 34 fundos de investimento que já têm participação da BNDES Participações S.A. (BNDESPAR).

Os novos fundos, cujos gestores foram selecionados em 2014, viabilizarão aportes em mais de 80 empresas nos próximos quatro anos. Com os novos investimentos, a BNDESPAR eleva seu número de companhias investidas de 130 para mais de 200 nos próximos anos, mantendo-se na liderança entre os investidores atuantes no País em fundos de venture capital e private equity. Por meio da atuação via fundos, o objetivo da BNDESPAR é investir em empresas de base tecnológica, ativos de infraestrutura e contribuir para o desenvolvimento do mercado de capitais.

Dos novos fundos, três são focados em empresas nascentes e pequenas e médias empresas (PMEs) de base tecnológica; um em médias empresas em expansão; um em setor de educação com ênfase em saúde; um em ativos de infraestrutura; um em impacto social; e dois em formação do mercado de acesso, para fomentar ofertas públicas de médias empresas. Com participação média de 26% nos fundos citados, a BNDESPAR busca atrair novos investidores para criar empresas brasileiras sustentáveis e competitivas.

A estratégia de conciliar a chamada multissetorial de fundos, inaugurada no ano passado, com chamadas dirigidas para a seleção de gestores permitiu que a BNDESPAR analisasse 57 propostas de fundos somente em 2014, dinamizando o processo de seleção. Além de viabilizar o mapeamento e conhecimento amplo dos fundos, as chamadas fornecem subsídios para identificar segmentos pouco atendidos por investidores e gestores, para que sejam direcionados esforços, ações institucionais e novos produtos.

Inovação – Dos novos fundos, dois se destacam no apoio à inovação. O primeiro é o Criatec III, de patrimônio mínimo de R$ 200 milhões, que atrairá ao menos sete novos investidores para o capital semente, fato que o torna o maior fundo do Brasil voltado para empresas nascentes.

O segundo é o novo Fundo de Biotecnologia, voltado para investimentos em PMEs e estruturado em parceria inédita com o BPI, o banco de fomento francês, o que viabilizará a entrada de ao menos R$ 35 milhões em investimento estrangeiro no País, além de possibilitar o estabelecimento no Brasil de uma renomada gestora europeia do segmento.

No total, a carteira da BNDESPAR reunirá 13 fundos direcionados para a inovação. Os veículos em fase de investimento permitirão que os aportes via fundos pelo BNDES em empresa inovadoras sejam triplicados no próximo triênio em comparação com o período anterior.

http://www.bndes.gov.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s