Inova Telecom R$ 1,5 bi para empresas inovadoras do setor

Acaba de ser lançado o Plano Inova Telecom, que vai aplicar R$ 1,5 bi nos próximos dois anos na área de telecomunicações. Seu objetivo é apoiar Planos de Negócio que contemplem inovação nas empresas brasileiras do setor, incentivando seu adensamento e ampliando a competitividade. O edital envolve recursos da Finep/MCTI (R$ 920 milhões), do BNDES (R$ 500 milhões) e do Ministério da Saúde (R$ 80 milhões). Participaram do lançamento os ministros da Saúde, Alexandre Padilha, das Comunicações, Paulo Bernardo, da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, e o presidente da Finep, Glauco Arbix.

O novo programa é parte do Inova Empresa, plano multiministerial de R$ 32,9 bi cujo lançamento ocorreu em março, voltado a fomentar projetos de inovação em diversos setores, como saúde, energia, aerodefesa, sustentabilidade, agronegócio, dentre outros. “Bendito é o papel do trinômio C,T&I e, mais uma vez, mostramos que é possível mudar todos os paradigmas de nossa produção econômica ao apostar na capacidade de nossos inovadores”, disse Raupp.

Já Alexandre Padilha afirmou que em todos os grandes países o desenvolvimento tecnológico tem a ver com o crescimento da área de saúde. “Estou muito feliz com a inclusão de telessaúde entre os temas desse plano para telecomunicações. Ela possibilita, em diversos casos, atendimentos embasados, mesmo sem a presença física do médico”, explicou.

Para o ministro Paulo Bernardo, é fundamental o investimento em velocidade de comunicação e também na segurança das redes. “o caso da espionagem de e-mails confidenciais é algo inadmissível e vamos combater esta prática também com tecnologia”, prometeu. Na visão de Bernardo, o Brasil precisa correr atrás da solução para o seu problema de infraestrutura.

“Muito já se fez, mas precisamos eliminar de vez uma herança histórica que é a desigualdade, também em aparelhamento. Há bolsões, mesmo em grandes centros desenvolvidos, com defasagem tecnológica. Exemplo: quase dois mil municípios brasileiros não têm rede de fibra ótica. Vamos solucionar isto”, finalizou.

Por intermédio do Inova Telecom, serão apoiados projetos de inovação com tecnologias aplicáveis nas áreas temáticas abaixo relacionadas.

·         Desenvolvimento de soluções tecnológicas voltadas para Comunicações Ópticas;

·         Desenvolvimento de soluções tecnológicas voltadas para Comunicações Digitais sem fio;

·         Desenvolvimento de soluções tecnológicas voltadas para Redes de Transporte  de Dados;

·         Desenvolvimento de soluções tecnológicas voltadas para Comunicações Estratégicas;

·         Desenvolvimento de soluções tecnológicas voltadas para Telessaúde.

O presidente da Finep, Glauco Arbix, relembrou que este é o décimo programa da chamada “Família Inova” (editais ligados ao Inova Empresa) e que a ideia é impactar a estrtutura produtiva com foco nos anseios da população. “Todos os temas, como este do Inova Telecom, têm a ver com a melhoria da qualidade de vida de nossa gente e podem gerar empregos de muita qualidade”, ressaltou.

Julio César Ramuno, diretor do BNDES, comemorou os bons resultados do Inova Empresa e da relação entre o Banco e a Finep. “O que estamos conseguindo com este plano é absolutamente inédito. Já podemos pensar no protagonismo tecnológico brasileiro em muitas áreas”. Também participaram da solenidade de assinatura o prefeito de Campinas, Jonas Donizette, o deputado federal Newton Lima e o diretor do CTI Renato Archer, Victor Mammana.

Acesso aos recursos

Poderão participar do processo de seleção do Inova Telecom empresas independentes ou pertencentes a grupos econômicos que apresentem receita operacional bruta (ROB) e/ou patrimônio líquido igual ou superior a R$ 30 milhões no último exercício.

Estas empresas podem formar parcerias com outras empresas e Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) para execução dos Planos de Negócio.

Os Planos de Negócio devem ter valor mínimo de R$ 5 milhões ou R$ 10 milhões, dependendo da modalidade, prazo de execução de até 48 meses e desenvolvimento realizado integralmente em território nacional.  O apoio da FINEP será limitado a 90% do valor total de cada Plano de Negócio. A submissão das cartas de interesse vai até o dia 24 de janeiro de 2014. O resultado da seleção dos Planos de Negócio tem data agendada para o dia 23 de junho de 2014.

fonte: http://www.finep.gov.br

Envie um email para : contato@hojeconsultoria.com.br e saiba mais. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s